Sito in Italia dove è possibile acquistare la consegna acquisto Viagra a buon mercato e di alta qualità in ogni parte del mondo.

Disfunção erétil

Disfunção Erétil
A disfunção erétil, antes conhecida por impotência, é a incapacidade de se obter ou
manter uma ereção adequada para a prática da relação sexual
. A disfunção erétil
não deve ser confundida com a falta ou diminuição no "apetite sexual", nem como
dificuldade em ejacular ou em atingir o orgasmo.
A disfunção erétil não pode ser encontrada nas classificações internacionais de
doenças com este nome genérico. Na realidade o DSM.IV aborda o problema
subdividindo o tema em vários tópicos. Fala-se em transtornos do desejo sexual,
transtorno da excitação sexual, transtornos do orgasmo e transtornos de dor sexual.
Milhões de homens no mundo passam por esse problema da disfunção erétil e as
estatísticas mostram uma incidência de até 5% nos homens de 40 anos e até 25% nos
de 65 anos. De modo geral, quase todos aqueles que são sexualmente ativos já
experimentaram um episódio de disfunção erétil pelo menos uma vez na vida.
De qualquer forma o ser humano teme muito qualquer tipo de disfunção erétil,
qualquer rebaixamento em seu desempenho sexual e esse medo tem grande base
cultural. Isso provavelmente porque a disfunção erétil sempre foi um assunto cercado
de muitos tabus.
O Processo da Ereção:
Sem estímulo sexual o pênis deve permanecer flácido ou relaxado. O pênis começa a intumescer quando o gatilho erótico do cérebro é disparado por estímulos eróticos - cheiro, visão, som, toque ou memória. Quem controla esta reação é a testosterona. O cérebro comanda uma série de reações para nervos, vasos e músculos, que culminam com a ereção. Os corpos cavernosos enchem-se de sangue e o pênis torna-se rígido. As veias internas são comprimidas para evitar a saída de sangue. Qualquer falha nesta reação em cadeia pode resultar numa disfunção erétil. A falta de vontade (libido) para sexo, como a que ocorre no indivíduo hipoativo, ainda não tem tratamento. Isto é, não existe remédio que deixe o indivíduo "tarado" por sexo. Cada pessoa (ele ou ela) tem seu "apetite sexual" próprio.
Causas:
Psicogênica: De origem emocional. Por exemplo: nervosismo e estresse.
Hormonal: Quando há desequilíbrios hormonais. Por exemplo: níveis elevados de
prolactina (hormônio produzido na hipófise, situada no cérebro e relacionado com a produção de leite na mulher) e níveis baixos de testoterona (hormônio sexual masculino).
Neurogênica: devido a distúrbio do sistema nervoso central ou nervos periféricos.
Por exemplo: alcoolismo, diabetes, trauma raquimedular e esclerose múltipla.
Arterial: quando o problema está nas artérias que irrigam o pênis. Por exemplo:

Disfunção veno-oclusiva (cavernosa): quando o problema está no sistema
venoso de drenagem sanguínea do pênis. Por exemplo: trombose da veia peniana.
Farmacológica: em decorrência do uso de substâncias medicamentosas:
diuréticos, tranquilizantes, anti-hipertensivos, antidepressivos, corticosteróides, estrógeno, progesterona, tabaco, anfetaminas, opiáceos e cocaína.
Fatores de Risco:

 Diabetes
 Tabagismo
 Etilismo
 Antecedente de Doença Ateriosclerótica Coronariana
 Cirurgias Pélvicas
Tratamento:

Medicações Orais:


Obs
: O Viagra pode causar cegueira?
A resposta é não
. A droga isoladamente não causa cegueira e nenhum caso foi
registrado no mundo. Em relação às noticias envolvendo as substancias sildenafil,
tadalafil e vardenafil e cegueira, são sensacionalistas e espero poder traquilizar os
homens que utilizam estas medicações com indicação médica. É importante
esclarecer que, os fatos apurados nos EUA foram levantados pelo FDA que na análise
atestou que não se pode imputar a estas drogas a causa da cegueira por falta de fluxo
sanguíneo ao nervo ótico. Dos 43 casos, 38 eram usuários de sildenafil, 4 de tadalafila
e 1 de vardenafila. Na análise do FDA, os homens eram usuários das drogas por
problemas de ereção ocasionados por doenças sistêmicas, como o diabetes,
hipertensos, cardiopatas, aretriosclerose e dislipidemia (colesterol alto), além de sedentários, obesos, fumantes e alguns alcoólatras. Sem o uso das drogas aqui discutidas, os fatores citados já explicariam a ocorrência da cegueira, pois são os principais fatores de risco para a mesma. Resumindo, os homens acima dos 50 anos que usam viagra dividem os mesmos riscos para a cegueira repentina do adulto ou neuropatia ótica isquêmica (NOI) com os que não usam. Assim, como não há registro de NOI em homens usuários de Viagra sem doença sistêmica, apenas a DE esperada para a idade, é ainda muito cedo para se associar tais drogas à NOI. No Brasil, infelizmente estas drogas são vendidas sem necessidade de prescrição médica e muitas vezes utilizadas sem critério ou recreativamente, o que nos impede de ter estatísticas Obviamente devem existir casos aqui no Brasil, mas que talvez não tenham sido
associados às drogas. Para se utilizar qualquer destas drogas por indivíduos
sedentários, fumantes, diabéticos, cardiopatas, etc., orientamos a procurar um colega
cardiologista para avaliar sua reserva cardíaca.
Agentes Injetáveis
Terapia Intracavernosa (Injeções Penianas)

Nos anos 80, revolucionou o tratamento das DE. Foi o primeiro método eficiente e
objetivo, com pouco ou nenhum efeito colateral , com melhora significante da ereção,
mesmo nas DE severas e orgânicas. No início, era feita uma mistura de substâncias
vasoativas
(fazem vasodilatação para encher o pênis de sangue) que tinham como
principal complicação, as ereções dolorosas ou priapismo. Logo se observou que a
mistura com prostaglandina levava a uma melhora da eficácia com menos casos de
priapismo, pelo seu metabolismo mais rápido e fácil. A papaverina e a fentolamina
são comercializadas já na forma líquida, já o alprostadil (prostaglandina) deve ser
preparada no momento da aplicação. As injeções devem ser aplicadas próximas à
base do pênis, fugindo da região dorsal (artérias) e ventral (uretra). Aplica-se no meio,
com a agulha a 90 graus da pele.
Alguns cuidados devem ser tomados no uso das injeções intracavernosas, como o
tempo das ereções que não pode ser superior a seis horas, com risco de
priapismo e coagulação sanguínea intracavernosa. Se a ereção não ceder neste
tempo, não exite em procurar seu urologista. A frequência das aplicações não deve
ser superior a 3 vezes na semana, com risco de hematoma, fibrose de corpo
cavernoso
e dor peniana. Ainda, procurar usar a menor dose terapêutica possível.
Aumentar a dose significa quase sempre aumentar as chances de complicação. As
chances de complicação em indivíduos com anemia falciforme (mais comum nos
negros) é grande. A droga mais segura atualmente é a prostaglandina.O
sangramento uretral pode acontecer quando a uretra é perfurada acidentalmente,
sem maiores conseqüências. Em indivíduos com fuga venosa (fuga de sangue do
pênis para a circulação do corpo), pode haver queda da pressão (hipotensão).
Agentes Tópicos
Agentes Uretrais (Intra Uretrais)
Alprostatil de aplicação tópica, intrauretral, é a mesma substância da injeção
intracavernosa, só que formulada para aplicação na uretra, em forma de grânulos.
Solicita-se ao homem que urine logo antes do procedimento, para que a urina residual
aí presente ajude na dissolução e absorção da droga. É solicitado então que o homem
(ou sua parceira(o)) massageie o pênis por 10 a 15 minutos para dispersar e dissolver
os grânulos, criando uma hiperemia para aumentar sua absorção. A mucosa uretral
tem poder de absorção, mas uma dose inúmeras vezes maior que a da injeção
peniana é necessária. Tem como efeitos colaterais, uretrorragia ou desconforto
(ardência) ao ejacular. Na mulher, pode ocorrer prurido (coceira) e desconforto
vaginal. Em parceiras grávidas, o alprostadil pode induzir (provocar) trabalho de parto
prematuro.
Agentes Penianos Tópicos (Gel Peniano)
Diversos tipos de gel para aplicação tópica foram estudados, como trinitrato de
glicerol, aminofilina, isossorbida, etc., com poucos resultados. O gel de alprostadil
surgiu há pouco tempo, ainda não comercializado ou aprovado pelo FDA. Existem no
mercado medicações para uso tópico que são "anestésicos" para ejaculação precoce,
com resultados pobres e muito confundidos pelo leigo para uso na DE.
Agentes Mecânicos
Dispositivos de Ereção à Vácuo:
 O anel de constrição é fixado no extremo aberto do cilindro  Com o cilindro sobre o pênis, retira-se o ar através de uma bomba, criando um  Desliza-se o anel de constrição sobre o cilindro até base do pênis ereto; Próteses Penianas

Source: http://uroepm.com.br/lua/lua_pdfs/disfuncao_eretil.pdf

Use and misuse of tobacco among aboriginal peoples

Use and misuse of tobacco among Aboriginal peoples Sam Wong, Canadian Paediatric Society First Nations, Inuit and Métis Health Committee Paediatr Child Health 2006;11(10):681-5 Updated: Jun 1 2010 rate. In a 2005 study of a First Nations community in Mani- Abstract toba [5], 82% of adolescents aged 15 to 19 years were current Changes in the use of tobacco by Aboriginal peoples have smo

Instructions manual

INSTRUCTIONS MANUAL On reception of the motors check for any signs of damage during transport. Check also that the motor nameplate data complies with your order specification. In the unlikely event of a claim, please contact our sales office. Should the motors need to be transported to another destination, care must be taken to prevent the motors from being exposed to armful effects. The moto

Copyright © 2010-2014 Medicament Inoculation Pdf