Sito in Italia dove è possibile acquistare la consegna acquisto Viagra a buon mercato e di alta qualità in ogni parte del mondo.

Microsoft word - parashat ki tissah - 5770

Parashat Ki Tissá - Purim - 5770 Transmita esta mensagem para seus familiares e amigos(as). Serviço gratuito, semanal e em tempo real, para mais de 11.000 assinantes! 14 Adar 5770
www.torahmail.com.br
UMA FRASE PARA PENSAR:
“Oportunidade sem Habilidade é uma chance, Habilidade sem Oportunidade é um desperdício”
R.Y.Z.
UM PENSAMENTO PARA ENTENDER:
“O filósofo, quando vê um milagre, procura sua explicação natural.
O judeu, quando vê a natureza, procura pelo milagre.”
UMA HISTÓRIA PARA VIVER:
A porção da Torá desta semana contém o episódio mais embaraçoso da história, o fiasco do Bezerro de
Ouro.
O povo judeu tinha acabado de sair do Egito através de milagres e prodígios e se tornou o "povo
escolhido" de D’us para trazer o monoteísmo ao mundo: livrar o mundo da idolatria egoísta e
transmitir a mensagem de bondade e Unicidade de D'us e trazer bênção para toda a humanidade.
Mas em vez disso, fez o oposto! Apenas 40 dias depois que viram e ouviram D'us dizer-lhes para não
adorar ídolos (nos Dez Mandamentos) . . eles o fizeram e trouxeram castigo e maldições sobre si
mesmos.
Mas o que é ainda mais interessante é a Haftarah.
A 'Haftarah' é uma parte, geralmente um texto dos profetas, que é lida em voz alta na sinagoga logo
após a leitura da Torá no Shabat e tem alguma conexão com a porção da Torá.
Mas esta semana a Haftarah parece transmitir exatamente a mensagem oposta e realmente incentiva
a idolatria!
Ela nos fala de um episódio também vergonhoso na história do judaísmo. Cerca de seiscentos anos
depois do recebimento da Torá no Monte Sinai, na época do primeiro Templo Sagrado, quando, apesar
do fato de que todos os judeus viviam na Terra Santa e a santidade estava em toda parte, quase todos
os judeus adoravam um ídolo chamado 'Baal'.
D’us enviou seu profeta Elias para acordar o povo. Mas não funcionou. Parece que os judeus tinham
uma afinidade surpreendente à idolatria.
Finalmente Elias não teve outra alternativa, e organizou um confronto público no Monte Carmel, entre
ele e os adoradores de Baal. As regras eram: quem trouxesse o fogo do céu para o seu sacrifício seria
o vencedor.
Os profetas de Baal fizeram um altar de pedra, bois foram abatidos em cima dele, rezaram, invocaram,
dançaram, gritaram. por algumas horas, mas . Nenhum fogo celestial!
Então chegou a vez de Elias, ele se aproximou de seu altar, voltou-se para o povo e disse: "Quanto
tempo você vai vacilar na sua crença? Se D'us é o Senhor, vocês devem seguir apenas a Ele! Se o Baal
é certo. então SIRVAM o Baal!"
Ele então levantou as mãos para o céu e gritou: "Responda-me D'us, Responda-me!" O Fogo explodiu
diante dele e devorou seu sacrifício, juntamente com todas as pedras no altar enorme e as pessoas
caíram sobre seus rostos e gritaram "O Eterno é tudo, o Eterno é tudo"
Em nossa porção D'us e Moisés dizem ao povo para não adorar ídolos e aqui Elias diz a todos o
contrário: "Se Baal é certo. SIRVAM o Baal!"
Para entender isso aqui está uma história.
Rabi Levi Vilmovski, que hoje é o diretor de todas as instituições de Torá na cidade de Migdal HaEmek,
tem centenas de histórias interessantes para contar, mas há uma que se sobressai.
Ela ocorreu cerca de trinta anos atrás, quando ele dirigia o Beit Chabad em Holon logo após o Rebe
ordenar a seus chassidim ir de casa em casa e explicar sobre a Mezuzá, além de ser um mandamento de D’us e uma bênção, protege a casa e aqueles que nela vivem como um capacete protege um soldado. Então Rabi Levi seguiu as ordens do Rebe e anunciou em todos os Batei Chabad ao mesmo tempo, oferecendo-se gratuitamente para verificar Mezuzot das casas das pessoas. Ele levou os jovens de uma escola Chabad local, deu-lhes milhares de panfletos, disse-lhes para distribuí-las para cada casa em Holon e num curto espaço de tempo centenas de respostas chegaram. Mas um panfleto chamou sua atenção, ele tinha as palavras ‘URGENTE URGENTE’ escrito em letras grandes e sublinhado duas vezes. Parecia importante. Ele ligou para o telefone em anexo, apresentou-se e a voz do outro lado disse: "Chabad? Uau! Estou feliz de ouvir você! Sim! Sou Ben Tzion S. E é muito urgente. Minha mulher está muito doente e . Bem, eu pensei que talvez as mezuzot . . " Naquela noite, Rabi Levi visitou a casa de Ben Tzion e ouviu uma história triste. Ele era o proprietário de uma fábrica de sucesso em Tel Aviv, no entanto, mais de um ano e meio atrás, sua esposa teve um caso grave de depressão e sua vida foi virada de cabeça para baixo. A princípio, ele pensou que iria passar, mas não aconteceu. Na verdade, chegou ao ponto que ela não era capaz de sequer sair da cama o dia inteiro. Ele a levou para quase cada doutor e professor convencionais ou alternativos constantes da lista telefônica, mas até o momento, salvo por perder o seu dinheiro, nada funcionou. Os médicos disseram que ela tinha ido longe demais. Então, quando ele viu o panfleto sobre Mezuzá do Beit Chabad ele sabia que tinha que tentar mais uma vez. Rabino Levi imediatamente tirou a Mezuzá da porta da frente, abriu-a, retirou o pergaminho e começou a verificar as letras para ver se estava inteira e completa. Não foi difícil encontrar o que estava errado. Para seu espanto, viu uma palavra inteira, a palavra "Nafshechem" "Suas Almas" quase completamente apagada! Quando ele mostrou para Ben Tzion ele quase desmaiou. Será que isso tinha algo a ver com a alma de sua esposa? Ele não fez perguntas. Ele comprou uma nova Mezuzá imediatamente. Rabino Levi a colocou em sua porta e levou o resto das Mezuzot para a devida verificação. Um dia depois, o rabino ligou para Ben Tzion e ouviu que o estado de sua mulher estava um pouco melhor: ela estava conversando um pouco, mas ainda se recusou a sair da cama. Então o rabino Levi lhe visitou novamente e ligaram para o escritório do Rebe em Nova York para uma bênção para sua esposa. Dois dias depois, o rabino ligou para Ben Tzion novamente, mas desta vez ele não quis falar ao telefone. "Rabino, você tem que vir!" disse entusiasmado. Quando chegou à casa de Ben Tzion, ele não pôde deixar de sentir que alguma coisa havia mudado. Em primeiro lugar, era o cheiro da comida e a casa parecia muito mais arrumada. "Deixe-me contar o que aconteceu", disse Ben Tzion animadamente enquanto o rabino se sentava. "Ontem de manhã eu acordei e fiz café da manhã antes de ir trabalhar, como eu faço todos os dias. Mas quando eu voltei cheirei algo a queimar na cozinha! O primeiro pensamento que passou pela minha cabeça foi "Oh não! Eu devo ter deixado o fogo queimando desde de manhã! Quem sabe o que aconteceu! Graças a D’us a casa não se incendiou." Mas quando eu corri para a cozinha tive a maior surpresa da minha vida . foi a minha mulher! Ela estava cozinhando! Ela não tinha cozinhado por mais de um ano e estava ali cozinhando! "Mas você sabe o que ela me contou! Aqui, vou chamá-la e deixá-la dizer por si mesma." Ben Tzion chamou sua esposa e ela entrou no quarto, disse Olá e agradeceu ao rabino por seus esforços e disse-lhe o que aconteceu. Foi a primeira vez que o rabino a tinha visto, até o momento tinha ficado escondida no quarto dela. "Foi a coisa mais incrível!" Ela disse. "Ontem eu acordei me sentindo um pouco melhor, mas eu estava muito triste e com medo de sair da cama. Eu estava prestes a voltar a dormir quando de repente este homem velho de barba branca apareceu no meu quarto! Fiquei realmente surpresa, mas ele não era assustador. Ele ficou ao lado de minha cama e disse. "Levante-se! Saia da cama!" Por alguma razão eu não podia recusar-lhe e levantei-me, mas logo depois, ele desapareceu! Desde então eu sinto que voltei a mim mesma! Era como se tivesse acordado de um sono longo e profundo. " Rabino Vilmovski tirou um cartão do bolso com a foto do Rebe e mostrou a ela. "Oh!" Exclamou ela. "É ele! Ele é o homem que vi!" Pouco tempo depois, todos eles voaram para o Rebe para agradecer e até hoje, trinta anos depois, eles ainda estão em contato e a depressão da mulher nunca mais voltou. Isto responde às nossas perguntas. A razão pela qual os judeus cederam ao Bezerro de Ouro foi porque pensaram que Moisés estivesse morto. Moisés ensinou e inspirou o povo a estar ciente de D'us e senti-lo o tempo todo. Sem Moisés, os judeus se sentiram sós . como ovelhas sem pastor. Este falso egoísmo é a fonte de idolatria, guerra, doença e todas as coisas ruins . incluindo a depressão. E este é o ponto do profeta Elias. Muitas vezes uma pessoa continua a ser um egoísta e um idólatra, porque tem boas qualidades. Elias disse a eles para pararem de se enganar! Se você realmente acha que está tudo bem para servir ao Baal e ser um egoísta, então não acho que D'us concorda com você, suas boas ações não diminuem o seu erro! Mas nossa geração é diferente. A nossa é a geração de Mashiach! O dia está muito próximo. até mesmo hoje . quando teremos consciência do nosso Criador constantemente e vamos despertar o nosso verdadeiro ego . a nossa alma Divina. Então o mundo será aperfeiçoado e não haverá mais guerra, conflitos, fome, dor ou doença. E tudo depende de nós para fazer apenas mais uma boa ação. COM OS MELHORES DESEJOS PARA UM PURIM SAMEACH, UMA SEMANA MUITO BOA, SAUDÁVEL E PRÓSPERA, E SHABAT SHALOM! LEIS E COSTUMES PARA OBSERVAR Purim começa hoje, Sábado à noite (27 de Fevereiro) e segue durante todo o Domingo (28 de Fevereiro). As Mitsvot de Purim são as seguintes: 1) Ouvir a leitura da Meguilá na sinagoga, 2 vezes (Sábado a noite - 27 de Fevereiro e Domingo de dia - 28 de Fevereiro) 2) Falar "Al HaNissim" na reza da Amidá e no Bircat Hamazon, agradecendo a D'us pelo grande milagre de Purim 3) No Domingo, de dia (28 de Fevereiro) nós cumprimos a mitsvá de "Mishloach Manot," mandando 1 presente com 2 alimentos casher, prontos para comer, para 1 amigo(a). Como exemplo, pode ser uma combinação de refrigerante, fruta, biscoito casher, etc. 4) "Matanot LaEvyonim" - dar Tsedaká (caridade-justiça) para pelo menos 2 pobres, no Domingo de dia (28 de Fevereiro). Pode-se dar a contribuição na sinagoga que distribuirá depois para os pobres. 5) Comer uma Seudat Purim - uma refeição festiva, no Domingo, de dia (28 de Fevereiro), para celebrar o milagre. A PARASHÁ DA SEMANA EM ALGUMAS LINHAS Parashat Ki Tissá Moshé conduz um censo, contando cada moeda doada por todos os homens acima de 20 anos. Moshé recebe as duas Tábuas da Lei com os dez mandamentos. A multidão de outros povos que se juntou ao povo na saída do Egito convence o povo a fazer um bezerro de ouro, e Moshé destrói as Tábuas da Lei e o bezerro, quando desce do Monte Sinai. Moshé sobe de novo para pedir perdão pelo povo, e é aceito. Moshé ergue o Mishkan (tabernáculo) no deserto. MASHIACH PARA NOS REDIMIR “Chegou a época de preparar o mundo para Mashiach. Isso inclui a difusão das Sete Leis de Noach que todos os que não são judeus devem observar. Cada judeu deve se envolver na chegada da redenção. isso também é outra razão para a ênfase nas Sete Leis de Noach. Já que o mundo mudou, e Mashiach no entanto ainda não chegou, cada individuo deve fazer o possível para apressar a sua chegada.” (Lubavitcher Rebe, Purim, 5747-1987) Horário de acendimento das velas de Shabat: (dia 5/mar/2010 - 19 Adar - 5770) Acenda as velas somente antes do horário indicado. Coloque as mãos na frente dos olhos e fale a seguinte benção: - BARUCH ATÁ A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU MELECH HAOLÁM, ASHER KIDESHÁNU BEMITSVOTAV, VETSIVÁNU LEHADLIC NER SHEL SHABAT KODESH No Rio de Janeiro: 17:59Hs e em S. Paulo: 18:13Hs; JERUSALEM: 16:59Hs TEL AVIV: 17:19Hs Editor: R. Yossef Zukin. A seção “Um pensamento para entender” é baseada nos ensinamentos do Rebe de Lubavitch, a partir das mensagens pela internet ‘Daily Dose’ do Rabino Tsvi Freeman. A seção “Uma História para Viver” foi traduzida livremente do “Dvar Torah” com permissão do Rabino Tuvia Bolton de Kfar Chabad – www.ohrtmimim.org A ilustração é uma cortesia do site www.chabad.org Esta mensagem é dedicada à pronta recuperação de Rav Avraham David ben Rivkah HaLevi, Rav Mordechai Tsemach ben Mazal Tov, Shalom Dov Ber ben Rachel, Moshé ben Sarah, Shmuel ben Mazal, Yerachmiel ben Yudit, Moshe ben Ida, Zeev ben Leá, Yossef ben Rachel, Aharon ben Ester, Binyamin ben Sara, Eitan Baruch Ben Ilana Tsipora, Yaakov Dov ben Feigue, Shlomo ben Miriam, Shlomo Isroel ben Ester Rachel, Iossef ben Sarah, Moishe ben Sheindl Ratze, Moshe bem Itel, Chaim David ben Messodi, Yitshac ben Miriam, Moshe Yehuda ben Sheva Ruchel, Shlomo ben Lea, Binyomin ben Olga, Avraham ben Shoshana, Eliah ben Sara Chava, Gabriel ben Frida, Avraham Moshe ben Miriam Tova, Yossef ben Sarah, Gavriel Abe ben Pessia, Pinchas ben Chana, Adel bat Rivkah, Sara bat Cypa, Guitla Bat Chaia, Mazal bat Ester, Rachel bat Devorah, Ruth Bat Ida, Mazal bat Fortune, Chaya Chayka bat Malka, Chanah bat Rivkah, Chaia bat Rosa Shifra, Devorah bas Sara Gittel Rochel, Myriam bat Chaja Ester, Chaya bat Yocheved, Bashia bat Fraida, Brani Tuber bat Malka, Tsivia bat Tova, Sura bat Chana, Chana Bluma bat Ita, Ester bat Adel, Chaia bat Basha, Shoshana bat Sarah, Feigale bat Lea, Rivka bat Edit, Hadassa bat Dinah, Mindel bat Brachá, Tema bat Keila, Devorah bat Chana, Tema Bat Feiga Leah, Chava Roiza Bas Baila, Iehudit bat Sarah, Rachel bat Sura Faigha, Freida bat Leike, Pauline bat Gracia, Libe Rivkah bat Rachel, Ester Ita bat Rivkah Rachel, Fradi bat Hava, Guila bat Golda, Ethel bat Chaya Fruma, Judith bat Mathilde, Sima Dobra bat Rywka, Chaia Vitoria bat Miriam, Tsivia bat Nechama, Rochel bas Tovah e Mazal bat Miriam. MASHIACH NOW!!!

Source: http://www.torahmail.com.br/Parashat%20Ki%20Tissah%20-%205770.pdf

Biologische vielfaltfh

Woran denkst du, wenn du „biologische Vielfalt“ hörst? Warum glaubst du, wird es jetzt thematisiert? Was könnte das Problem sein? Wodurch könnte die Biologische Vielfalt bedroht sein? Früher machte man sich Gedanken über den Erhalt der Pflanzen- und Tierwelt aus ethischen und ästhetischen Gründen. Heute geht es um ökologische Konsequenzen und die hohen wirtschaftlichen und soziale

Layout

FIVE MINUTES WITH . JOHN T. WARD JR. Kentucky Derby-winning trainer John T. WardJr. assumed his new duties as executive direc-Ward, a central Kentucky native and a graduate oftor of the Kentucky Horse Racing Commissionthe University of Kentucky, grew up immersed in thethis spring with an overflowing agenda of is-horse industry as his father, grandfather, and uncle allsues facing the regu

Copyright © 2010-2014 Medicament Inoculation Pdf